quarta-feira, setembro 30

Agente Provocador



O Agente sobe à balança para verificar que a forma já não é o que era. Na vã tentativa de contrariar esta tendência - a proeminência do ventre - é convidado, esta semana, o nutricionista Nuno Miguel Maia Velho Cabral. O excedente calórico vai para o éter pelas 22h10 na Antena 1 - Açores.

Último dia


Foto Contratempo

Último dia de visita à exposição "Leonardo Da Vinci - O Génio" no Pavihão do Mar (às Portas do Mar).

terça-feira, setembro 29

Um acto de guerra



O comentário que se impõe à declaração. Se dúvidas existiam elas são, neste momento, ainda maiores. A ambiguidade é a nota dominante da intervenção desta noite do Presidente da República. A existir vulnerabilidade no sistema informático da Presidência porque é que só hoje, passado mais de um mês da notícia no Público, o presidente chamou os seus responsáveis pela segurança? Ou, como muito bem questiona o José Gonçalves, "Se os factos são assim tão graves e mensuráveis, porque razão Sua Excelência não partilhou as suas preocupações com os Portugueses em devido tempo?".

Isto não acaba por aqui. A guerra só agora começou...

19h00 (hora local) - Açores (GMT -01h00)


Foto Correia Alexandre

O PR faz hoje uma declaração à comunicação social (e não ao país!). Aguardemos, pois... serenamente, pela isenção escrupulosa.

segunda-feira, setembro 28

Aviso à navegação

No meio de tamanha azáfama ninguém se deu conta mas o :ILHAS atingiu, durante este fim-de-semana, as 800.000 page views. O milhão já cá canta!

Diários de Campanha



Capelas (A Oficina - Museu de Artesanato) _ Set'09
Bom dia com direito a um início de semana extraordinário.

quinta-feira, setembro 24

Por estes dias

Apetecia...

Diários de Campanha



Maia _ São Miguel _ 18.09.09
Em alguns locais dos Açores a tradição ainda é o que era...

Portugueses felizes ?

...
Dois milhões de Portugueses no limiar da pobreza reflectindo o cenário negro do País mais desigualitário da Europa ! Apesar desta e doutras emergências sociais este é o governo que acha que o investimento prioritário não são as pessoas mas cerca de dez mil milhões de €uros para um TGV! É com este PS, feito à imagem e semelhança de Sócrates, que os Portugueses querem continuar a hipotecar o seu futuro? A esperança não mora no legado que Sócrates nos deixa. São investimentos faraónicos num País pobre a fazer a pantomima de que é rico e tem lugar no concerto das nações Europeias. No mundo real este é o País de Sócrates que prometeu 150.000 empregos e conseguiu transformar tal promessa no recorde absoluto de mais de meio milhão de desempregados. Os Portugueses estão pois desempregados e sem amparo futuro numa Segurança Social que ameaça entrar em colapso. Foi este PS que, com a mão esquerda, delapidou os fundos de pensões e reformas mas, com a direita, deu a mão às "nacionalizações" das falências fraudulentas dos BPN´s e demais comandita! Em suma: este PS deixa o País à beira de um ataque de nervos e com uma crise social e económica capaz de nos atirar para o último lugar nos níveis de desenvolvimento da OCDE. Se adicionarmos a tudo isto um curriculum pouco abonatório da idoneidade do nosso primeiro temos todos os ingredientes para o descrédito da política à Portuguesa. É neste fermento que leveda a revolta e o protesto de quem já não se revê nesta gente que tomou o Estado como se fossem donos de todos nós. Este sentimento potencia ainda a deriva para a censura extremada nas "franjas" alternativas, sendo que, desta vez, beneficia de tal voto de protesto o Bloco de Esquerda. Muitos Portugueses votarão no Bloco com a mesma motivação com que elegeram Salazar como o Maior Português de sempre : votar contra o "sistema". Porém o Bloco é hoje também um "partido" do "sistema" que já se aburguesou. Deixou as "causas fracturantes" na gaveta, trocou os trabalhadores pela "classe média" e até os seus dirigentes subscrevem planos poupança reforma com benefícios fiscais, e outras aplicações financeiras, na Banca que tanto demonizam ! Este é o Bloco travestido a fazer o papel de cordeiro e a prometer renovação da sociedade portuguesa quando, internamente, a sua liderança é a mesma e não se renova desde a sua fundação! Este é o mesmo Bloco que repudia o PS mas logo que surgir a ocasião, como sucedeu na Câmara Municipal de Lisboa, está pronto a partilhar o poder em união de facto com o Partido Socialista. Se em tempos este foi um cenário de ficção, hoje é cada vez mais uma equação a ter em conta pelos eleitores. Claro que cada um é livre de votar da forma que entender: por convicção, para protestar contra o actual estado da República ou de forma estratégica. Se a "estratégia" é dar xeque-mate a Sócrates a única "táctica" possível é votar no PPD/PSD. Seja como for façam o favor de Portugal ser “feliz” e não votem no PS. Portugueses felizes são Portugueses sem crises e destas, com a marca do PS, já temos que chegue.
...
João Nuno Almeida e Sousa nas crónicasdigitais do jornaldiário.com

quarta-feira, setembro 23

Agente Provocador



O Agente desta 4feira convida o sociólogo Álvaro Borralho para comentar a agenda e a campanha em curso para as Legislativas'09 que antecede o acto eleitoral do próximo domingo. Para ouvir na Antena 1 - Açores a partir das 22h10.

Musicatlântico



A companhia de Teatro Chapitô vai apresentar a partir de hoje, na Região, o seu mais recente trabalho, uma comédia visual baseada na peça A Tempestade, de William Shakespeare, numa iniciativa integrada na temporada MusicAtlântico.

O Chapitô, estará em cena nos dias 23, 25 e 27 de Setembro, às 21h30, respectivamente na ilha Terceira (Auditório do Ramo Grande, Praia da Vitória), São Miguel (Teatro Ribeiragrandense) e Faial (Teatro Faialense).

Diários de Campanha



Lomba da Maia _ São Miguel 18.09.09
Este bem que podia ser um slogan do CDS/PP para esta campanha eleitoral... E, com ajuda divina, pode ser que ainda vá a tempo.

terça-feira, setembro 22

JSS

...

...
A rosto da JSS (Juventude Socialista Socretina) encarnou num palmo de cara laroca que, à imagem e semelhança do seu mestre, "prefere fazer batota" ! Com esta escola não vai sequer passar pelas novas oportunidades. Mas, apesar da imagem de garota da linha, o certo é que se é este o modelo da juventude socretina o futuro é negro…pelo menos para os caroços da fruta. Mas como nem tudo é negrume do meio milhão de desempregados, gerados e criados pelo "paizinho" Sócrates, não faltará quem se candidate a "descaroçador das cerejas" ou a "extirpador de grainhas de uvas" das Carolinas deste PS. Tudo isto, claro está, sempre com o alto patrocínio das agências socialistas. Esta pequena que faz o frete ao PS, enquanto mandatária da juventude, é bem o espelho de uma certa geração que julga que a vida replica o plateau dos "morangos com açúcar" e que o futuro será providenciado pelo Estado. É um espécimen sem falha eugénica para uma política de propaganda que privilegia a imagem sobre o conteúdo.

CNB » Dançar o País



6ª feira / 25 Set'09 Teatro Micaelense

STROKES THROUGH THE TAIL
Coreografia Marguerite Donlon
Música Wolfgang Amadeus Mozart

FAUNO
Coreografia Vasco Wellenkamp
Música Claude Debussy

CANTATA
Coreografia Mauro Bigonzetti
Arranjo e interpretação musical Gruppo Musicale Assurd a partir de música original e tradicional do sul de Itália

Honoris Causa !

...

...
Não é uma mirabolante aventura romanceada ao estilo de Dan Brown mas é mais um comezinho episódio de uma novela nacional baseada em factos verídicos. A personagem central faz do corrompido Calisto Elói, personagem ficcionada por Camilo Castelo Branco, não um anjo caído mas sim uma beatífica criatura cheia de virtudes ! Aqui a realidade supera a ficção. Esta novela de estilo policial em ambiente académico já mereceu mais de 15.000 downloads gratuitos no blog do seu autor. Ele próprio um "académico", com várias tentativas de "asfixia" pela longa manus do Sr. Pinto de Sousa, engendrou um enredo no qual se move um trepador político em busca de uma licenciatura que o encartasse como Sr. Engenheiro. A fazer fé nos mordomos da nossa Autonomia ficou prometido que o Sr. Engenheiro vai estar por aí e, suprema honra, vai até dormir entre nós, (salve seja), algures nos Açores. Se ficasse mais tempo ainda arranjavam agenda para o laurear honoris causa pela Universidade dos Açores…preferencialmente num Domingo à tarde! Resta a esperança de que "chumbe" no exame do Povo.

domingo, setembro 20

Diários de Campanha



Mercado Agrícola _ Santana _ 17.09.09

Alguns instantâneos da campanha eleitoral e outras curiosidades pela objectiva do RX. Mais actualizações a caminho...

sábado, setembro 19

O Deus das Moscas



O Deus da Moscas de William Golding (nobel da literatura em 1983), enquanto metáfora sobre a sociedade contemporânea, tenta demonstrar que, numa situação de micro-mundo, os seres humanos são como crianças numa sala, fechadas, sem a supervisão de pessoas adultas. Numa escalada de degradação (moral, ética), o espectáculo retrata a sobreposição do mal quando seres humanos são despojados das redes da civilização ou regras da sociedade.

Este espectáculo é o resultado da Oficina de Formação Teatral para pessoas adultas que teve início em Fevereiro, no Teatro Micaelense, decorrendo em sessões semanais orientadas pelas formadoras da cooperativa cultural Descalças.

Encenação e adaptação Maria Simões
Sessão para escolas 18 de Setembro 15h00
Idades M12
Inscrições Marcação prévia
Co-produção Teatro Micaelense e Cooperativa Cultural as Descalças

quinta-feira, setembro 17

It's Oh So Quiet...



O silêncio e recusa presidencial são, no mínimo, esmiuçáveis perante os actos do(s) seu(s) Homem(ns).

o Referendo

...


...
Portugal tem o dever moral e patriótico de sanear o actual primeiro-ministro. A oportunidade está aí no próximo referendo do dia 27. As eleições legislativas de 2009 são um verdadeiro referendo no qual os Portugueses são convocados a votar: Sim ou Não a Sócrates. Vamos julgar e referendar este Governo que, em escassos quatro anos, tem obra feita na demolição social e económica de Portugal. Nestes termos qualquer alternativa é melhor do que a de Sócrates e dos seus acólitos. Porém, as sondagens apontam para um empate técnico entre o PS, com uma ligeira vantagem, e o PSD, reduzindo o escrutínio popular à magna questão: queremos ou não mais uma legislatura capitaneada por Sócrates? Sem divergir em aventuras, e sem perder a responsabilidade do voto útil, os Portugueses têm aqui uma única oportunidade de retribuir a Sócrates o que lhe é devido: a rua! Esta é uma oportunidade que não se repetirá e que convoca uma ampla frente nacional de luta contra o “menino de oiro” do PS. Mas, se qualquer alternativa é melhor do que Sócrates, a verdade é que a fazer fé no empate técnico das sondagens a única possibilidade de os Portugueses despedirem com justa causa o Sr. Pinto de Sousa é votando massivamente no PSD! Efectivamente, se o propósito for despedir Sócrates a única possibilidade, sem fantasias de esquerda ou romantismos de direita, é votar no PSD. A hora convoca a nossa responsabilidade e resta a esperança de que os Portugueses não resvalem para o embuste de uma segunda oportunidade a Sócrates que, nunca é demais recordar, nenhuma oportunidade deu à maioria dos Portugueses. Ao invés promoveu escandalosamente novas oportunidades para a sua clientela e para o clube de amigos da Banca e da alta Finança. Tudo isto em associação com o Banco de Portugal tutelado pelo PS e, como se sabe, manipulado pelas previsões delirantes e facciosas de Victor Constâncio, correligionário e compagnon de route de Sócrates. À conta dessa associação, que a todos nós esbulhou em detrimento do enriquecimento obscuro de uma cleptocracia, Portugal está hoje mais pobre, mais endividado e com um exército de desempregados. Votar assim no PS é pois legitimar esta estirpe de colarinho branco que tem delapidado a classe média Portuguesa e privilegiado a economia de especulação em detrimento do tecido produtivo Nacional. Um PS que tem hipotecado o estado social a favor da Banca, e que subsidia as aventuras da mesma nos paraísos fiscais do costume, e é insensível à falência galopante das nossas pme´s, não deveria merecer uma segunda oportunidade. Um PS que humilhou e enxovalhou trabalhadores de diversas corporações não deveria receber um segundo aval do Povo Português. Um PS que manipulou e controlou a liberdade de expressão e que até se infiltrou na liberdade sindical não deveria ter como prémio a liberdade de continuar a mesma política de garrote a todos aqueles que não sendo do PS estão pois do outro lado da trincheira. Um PS feito à imagem e semelhança de Sócrates é um PS que vive mal com a Liberdade e com a Democracia. Resta ao Povo o uso livre e esclarecido do voto para interromper voluntariamente este governo. Um PS conduzido por Sócrates, que vive em união de facto com o saque da nossa economia e dos nossos direitos sociais, merece pois o veto popular. Sócrates anseia por um plebiscito, mas nunca como hoje as eleições legislativas estiveram tão perto de um referendo. Sim ou Não a Sócrates? Este é o verdadeiro boletim de voto que será confiado aos Portugueses no próximo dia 27 de Setembro.
...
João Nuno Almeida e Sousa nas crónicasdigitais do jornaldiario.com

quarta-feira, setembro 16

Agente Provocador



Emissão desta 4ª feira do Agente Provocador com o convidado João Paim, membro da Associação Amigos do Calhau e um amante incondicional do Mar. Para ouvir a partir das 22h10 na Antena 1 - Açores.

Summer Postcards



Praia de S. Mateus, Graciosa, Agosto 2009
Um segredo mais ou menos bem guardado.

terça-feira, setembro 15

Day Tripper



Esta é uma das minhas canções de eleição, dos Fab Four, e que aqui aparece a propósito dos novos Beatles.

...Eu hoje deitei-me assim !

...
Breve passagem pelo Hospital de Ponta Delgada por razões pediátricas, sem moléstia de maior, e partilho a sala de espera da radiologia com um octogenário ali prostrado por razões bem mais fortes do que as geriátricas!

Está afundado numa cadeira de rodas. A roupa em desalinho e pontuada com o sangue que jorrava da cana do nariz visivelmente fracturada. Na cabeça ligaduras, numa polpa de sangue e cabelos, e ainda um hematoma cujo crescimento era contrariado por um saco de gelo. Faço conversa:

- Então valente queda? - Não sei porquê mas logo que coloquei o ponto de interrogação na conversa de circunstância senti-me arrependido por o ter feito.
-Queda? Não! Foi um filho da puta de um filho que eu tenho.
-Desculpe ?
-Um filho da puta que eu tenho em casa é que me pôs neste estado.
-É doente ?
-Não ! É mas é bêbado e foi-me à carteira para me roubar !

Depois disto um silêncio suplicante pela chamada à radiologia. Na saída cruzei-me com dois agentes da PSP envergonhados com o papel que o seu dever de ofício exigia. Estavam ali para explicar ao velho que tinha direitos, que iam identificar o filho para posterior procedimento criminal e que o homem até poderia achar "graça" (sic.) mas a lei obrigava-os a informar a vítima de que tinha direito, além do processo crime, a pedir uma indemnização ao agressor. O velho respondeu, por deferência, que nada daquilo lhe interessava e que já era a terceira vez que ia dar com os costados no banco do hospital depois de ser brutalizado na sua própria casa pelo seu próprio filho. Um dos constrangidos polícias, com pueril honestidade, retorquiu que apenas estava a fazer o seu dever e que o dever do velho era queixar-se tantas vezes quanto possível ao Tribunal…até podia ser que desta vez o Juiz fizesse alguma coisa. Boa noite e passe bem com as possíveis melhoras, foi este o epílogo do registo policial desta ocorrência.

Assim vai a saúde do nosso Estado de Direito Social ! Assim medra uma Justiça formal que protege os fortes contra os mais fracos da nossa sociedade desamparados sequer da mais elementar segurança. Triste País este em que um cidadão depois de violentado, pelo sangue do seu sangue, ainda sofre a desdita agressão de um Estado incapaz de lhe garantir os mínimos de segurança. O velho lá ficou na radiologia. Amanhã estará de regresso a casa para os braços armados do filho. Os polícias regressam à sua rotina de notificações e ao giro da normalidade que se compraz nos formalismos mas que se arrepia com qualquer medida mais securitária. Eu hoje deito-me assim: ainda mais desiludido com este Portugal por cumprir e com esta Democracia, dita Social, que tantas e tantas vezes na realidade é um embuste financiado pelos contribuintes a favor de quem menos merece o Estado Providência.
...

domingo, setembro 13

An Island with a View






O Pico visto do Faial, em diferentes dias e locais, e o tempo incerto marcaram indelevelmente a semana que agora termina (e que simultaneamente começa).

sábado, setembro 5

post para memória futura !

...

...
Quanto mais se escarafuncha no esgoto do caso Freeport mais são os primos e afilhados do Sr. Pinto de Sousa que emergem desse lodaçal feito, alegadamente, com pasta de papel de incomensuráveis libras passadas debaixo da mesa. Agora é um tal de José Paulo Bernardo Pinto de Sousa (a.k.a. "o Gordo"), naturalmente em parte incerta, que surge enrolado na urdidura do tráfico de influências com gente obscura e protegida com nomes de código como "o Arquitecto" e "o Pinochio" (presuntivamente o cidadão Sr. Pinto de Sousa). Como nas melhores famílias da "pasta nostra" (empresa do dito Bernardo "gordo" Pinto de Sousa) a lei do silêncio é o segredo do negócio. Como Portugal está a saque essa mesma rolha silenciosa foi imposta também a quem se atravessa no caminho. No passado recente foi José Eduardo Moniz, ontem foi Manuela Moura Guedes…resta saber quem está na lista que se segue. A avaliar pelos sobreviventes creio que Mário Crespo será o próximo alvo a silenciar. Ai Portugal / Portugal…do que é que tu estás à espera ?

UPA Chalenge motiva carta aberta ao Director Geral dos Desportos de Cabo Verde

Que o Clube Naval de Ponta Delgada está vivo, activo e apostado na organização de eventos aglutinadores já ninguém tem duvidas.
No entanto, até eu fiquei surpreso com o post do Paulo Mendes no Ponte Insular, do qual extraio:

"Como também é do seu conhecimento, o nosso país foi convidado a participar no Campeonato de Fotografia Subaquática da Macaronésia que está a ter lugar desde o dia 29 de Agosto na Região Autónoma dos Açores onde, para além da vertente desportiva está subjacente a ideia da aproximação entre a Madeira, Canárias, Açores e Cabo Verde. O evento é organizado pelo Clube Naval de Ponta Delgada e a Associação dos Amigos do Mergulho e tiveram, excepcionalmente, a gentileza de suportar todos os custos inerentes à participação de Cabo Verde na prova."

sexta-feira, setembro 4

blog conf 5

Reagindo a uma afirmação do "inquirido" Pergunta-se:

Como se pode exigir dos nossos eleitos a explicação sobre o que estão "lá" a fazer por nós (como seria de esperar numa democracia), quando o medo está instalado e o receio de não agradar os "homens do poder" condicionam a vida de todos aqueles que "por cá" vão vergando a coluna vertebral, quase partida?

Como se pode acreditar - para mais um mandato de 4 anos - num político com o perfil como o de José Sócrates, a braços com questões de princípio mal resolvidas.

Estaremos nós perante a grande teoria da conspiração?
Ou...
Será isto resultado das grandes passagens pelo deserto?

Respondeu Ricardo Rodrigues:
Medo do poder executivo acredito que se possa sentir (embora, medos infundados).
Medo do poder legislativo não!

Para evidenciar as diferenças de comportamento entre PS e PSD refere os exemplos dos militantes críticos e o diferente tratamento dado pelos respectivos partidos:
Manuel Alegre só não será candidato por não ter aceite o convite. Já Passos Coelho Não foi convidado.

Quanto a josé sócrates, não basta insinuar. Num estado de direito como é o nosso, até haver factos em contrário, o homem é inocente. aliás, se houvessem os OGS já se teriam encarregado de os divulgar.

Será que a Manuela Moura Guedes se preparava para o fazer na TVI? - pergunto eu agora (com certeza que não. Que mauzinho sou.)

blog conf 4

Sendo eu um homem às direitas não me posso coibir de afirmar que, em teoria, as coisas aqui afirmadas, deixam antever uma certa vontade de contribuir positivamente para o bem comum - que se espera encontrar genuinamente em todos os políticos - e que, a verificarem-se neles todos, davam a garantia que o único propósito das eleições seria garantir a alternância no poder, para que, os até então em funções executivas, pudessem descansar.

Utópico?

blog conf 3

À crítica que acusa este governo de Sócrates de governar mais à Direita do que o PSD, Ricardo Rodrigues reaje apelidando-a de injusta!
Deu exemplo de mutas medidas "sociais - de esquerda" mas, esqueceu-se de todo a problemática da banca nos últimos meses. Enfim...

blog conf 2

Preocupação, no minímo interessante, com as redes sociais?
Preocupação com uma comunidade arruaceira mas, isolada no seu quarto?

Entre perguntas de carácter politico-pseudo-profundas como a minha que procurava descortinar porque raio se faz assentar um discurso inteiro sobre a menina do capuchinho vermelho e o lobo mau (Não se iludam: Para Ricardo Rodrigues, o lobo mau é Manuela Ferreira Leite e a menina do capuchinho vermelho é José Sócrates) e questões de índole pessoal como as que Entramula coloca, lá vai aparecendo uma pergunta ou outra sobre a constituição e sobre a postura do PS nacional para constituição de governo.

Tudo coisas que, na realidade, não ajudarão a esclarecer ninguém (em função do descrédito no qual a política já caiu) mas, servirão, eventualmente, para ilustrar a intelectualidade - por muitos considerada latente nesta comunidade - e que para muitos outros não passa de palha para a burra.

Não Obstante, é preciso reconhecer a coragem do candidato para laborar no circo - mesmo sendo neste mediático - sem rede.

blog conf 1

serão verdadeiramente justificadas as diferenças - aqui avançadas por Ricardo Rodrigues - entre Sócrates e Manuela Ferreira Leite?
Não me parece, quando estão ambos focados em ganhar eleições!

Manuela Ferreira Leite, por ser acusada de estar a procurar "travar Portugal", deverá ficar fora destas esteriotipadas figuras, quando tal acontece nesta altura em que se promete tudo?

Sócrates,com o desgaste que apresenta, estará em condições de fazer avançar realmente(!) Portugal?

Informação de Utilidade Pública

Plano de Contingência para a Família já está disponível no Portal do Governo dos Açores. Sigam os links.

quinta-feira, setembro 3

BlogConf / Açores / Legislativas 2009



O que é?
A BlogConf é uma blogo-conferência, ou conferência de bloggers, aberta aos social media e à comunicação social (e que aqui replica o modelo que tem sido utilizado em termos nacionais com os vários candidatos partidários às eleições legislativas de 2009).

Com quem?
Ricardo Rodrigues. Esta é a primeira BlogConf realizada nos Açores e irá reunir o cabeça de lista do Partido Socialista - Açores às eleições legistivas de 27 de Setembro com alguns bloggers açorianos.

Quando?
Sexta-feira, dia 04 de Setembro’09, pelas 18h00.

Onde?
Sede de campanha do PS - Legislativas 2009 - Melhor Autonomia, Melhor Portugal , no Solmar Avenida Center – 1º Andar, Lj 123a (T 296 628 303). A sala dispõe de acesso wireless.

Como?
O cabeça de lista do PS/A estará à disposição dos bloggers para uma conversa. Livre. Sem restrições. Cada blogger convidado disporá de 1 a 2 perguntas. Pode transmitir ao vivo, som e imagem, ou gravar. É livre.

Para as redes sociais estão reservadas 3 perguntas a enviar para o email acores2009@ps.pt

A BlogConf será gravada em vídeo para posterior disponibilização online, no endereço da PSA TV. Este encontro poderá ser igualmente seguido em directo via Twitter e aplicações conexas (Facebook, por exemplo).

Porquê?
Tal como foi referido, aquando da realização da 1ª BlogConf com o Engº José Sócrates a 27 de Julho’09 na Lisboa Factory, hoje em dia não podemos ignorar que a comunicação abriu-se aos meios sociais. Deste modo, faz todo o sentido que os candidatos a cargos públicos possam estar disponíveis, nesta e noutras redes, à população que, por esta via, os quer e pode questionar, informar-se e debater sem que para isso tenha de recorrer à intermediação dos meios de massas.

Bloggers convidados
:Ilhas (Carlos Rodrigues)
Ardemares (Francisco César)
Açores 2010 (Vitor Marques)
Entramula (Mário Roberto)
In Concreto (Tibério Dinis)
Máquina de Lavar (José Gonçalves)
O Espólio (Daniel de Sá)
Ponte Insular (Paulo Mendes)
Repórter X (Alexandre Pascoal)
Zirigundo (Hélder Blayer)

quarta-feira, setembro 2

Outras Ondas

Foto Francisco Botelho

Foram inúmeros os fotógrafos que estiveram durante o Azores Islands Pro'09 na praia do Monte Verde, na Ribeira Grande. Fica aqui o link para algum desse trabalho fotográfico: Contratempo; Região Desporto e ASP. Enjoy!..

terça-feira, setembro 1